• Carioca da Gema

"Uma casa de bambas-A HISTÓRIA DO CARIOCA DA GEMA NA lAPa"Depoimentos

Autor: Cesar Tartaglia



Marquinho China, nosso professor

Marquinho China é professor – de História e de samba. Não por acaso, é desse modo que ele costuma ser tratado quando está num palco, numa roda, em qualquer lugar onde se juntem sambistas, partideiros, músicos em geral. O professor teve seus mestres – de um deles, Candeia, herdou o bordão “Gente amiga do samba”, com o qual o prócer da Portela e da Quilombo costumava abrir os trabalhos, e com o qual China também dá por iniciados seus trabalhos. De Candeia também herdou o gosto por versar, uma fonte abastecida também por nomes como Aniceto, Xangô e outros, e que ele, por sua vez, continua abastecendo quando é desafiado por gente como Zeca Pagodinho, Serginho Procópio, o saudoso Renatinho Partideiro, Tantinho... Desde 2004, ele forma o Tempero Carioca com os igualmente bambas Jorge Agrião (que substituiu Moyseis Marques), Serginho, Marco Basílio, Evandro dos Santos Lima, Nelci Pelé e Marcelo Pizzott. O grupo foi formado, por iniciativa do produtor Paulinho Figueiredo, para ocupar um dos horários de apresentações da casa. Deu tão certo que o Tempero se estendeu para além do Palco Luiz Carlos da Vila: gravou seu primeiro CD, o top de linha “Se o samba me chamar”, e passou a se apresentar em diversos outros palco, do Rio e do Brasil. China, que dá aula de samba cantando, componde e tocando, também fala:

“Quando o Tempero Carioca começou a tocar no Carioca da Gema a casa já era um grande lance. Se apresentar no Carioca era o máximo. Havia outras casas também dedicadas ao samba na Lapa, mas o Carioca tinha um staff incrível. Tinha o Oswaldo Cavalo, o pessoal que toca com o Zeca Pagodinho, a “vagabundagem” toda do samba. Até hoje a casa concentra o maior número de gente essencialmente ligada ao samba.

Particularmente, na minha carreira, depois do Carioca tornou-se comum as pessoas se lembrarem de mim associando meu nome à casa. Ou ao partido alto, ou ao Carioca. Eu virei “Marquinho China DO Carioca da Gema” (risos). Isso se aplica também ao Tempero como grupo. A referência, digamos, top é o Carioca da Gema. Antes de a casa se consolidar, o Rio estava carente de bons espaços pro samba, inclusive na Zona Norte e no subúrbio. A guinada que levou o samba pra Lapa nos deu um lugar. E o Carioca virou uma referência.

– Cadê o China?

– Tá no Carioca...

– Cadê o Tempero?

– Tá no Carioca.

Uma referência. CQD.”

0 visualização
(21)98556-0834
av.mem de sÁ, 79

Razão Social: thianas eventos Ltda.

CNPJ: 14.022.532/0001-34

© 2019 by Carioca da Gema